Candidatos do DEM acusam Alexandre Aleluia de receber mais repasses do fundo partidário

Foto: Izis Moacyr/ bahia.ba
Foto: Izis Moacyr/ bahia.ba

 

O clima não anda nada bom entre os candidatos a deputado federal e estadual do Democratas, partido presidido nacionalmente pelo prefeito de Salvador, ACM Neto. Tudo porque, segundo uma reportagem do jornal Tribuna da Bahia, o vereador Alexandre Aleluia, que disputa uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia, estaria sendo mais “agraciado” pela sigla com verbas do fundo partidário.

De acordo com o site DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o filho do deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) recebeu um total de R$ 103.100,00 de recursos, sendo que mais da metade (R$ 60 mil) veio do fundo partidário. Os outros R$ 41 mil foram recursos próprios.

Aleluia ainda declarou ter recebido R$ 2 mil de doações de pessoas físicas e R$ 100 de um financiamento coletivo. Outros nomes do partido, como o deputado estadual Targino Machado, estão tendo que bancar a própria campanha.

Machado, por exemplo, declarou um total de R$ 160 mil em recursos, sendo que R$ 150 mil é de recursos próprios. Os outros R$ 10 mil vieram de doações de pessoas físicas. Ele aind anão recebeu recursos do fundo partidário.

Outro lado – Questionado pela publicação sobre os repasses, Alexandre Aleluia rebateu as acusações. Não estou sabendo de nenhuma reclamação dessas. Não acompanho a transferência de recursos para outros candidatos, ressaltou.

“Faço a minha campanha olhando o meu futuro, o que eu defendo, sem me preocupar muito com os outros. Acho que esse é o principal caminho para se obter a vitória. Os recursos que recebi, tenho certeza, que correspondendo com as ideias do partido. Inclusive sei bastante sobre o estatuto e o valores que o partido defende”, completou.

Fonte: Bahia.ba