Sítio do Quinto: deputado Alex da Piatã acompanha superintendente da Defesa Civil ao Povoado de Jardim

Sítio do Quinto: deputado Alex da Piatã acompanha superintendente da Defesa Civil ao Povoado de Jardim

O ano de 2019 tem sido marcado por muita chuva na região nordeste do estado, principalmente nos municípios da Microrregião de Jeremoabo. Há pouco mais de duas semanas um assunto ganhou grande repercussão quando a barragem do Povoado Quati no município de Pedro Alexandre se rompeu e inundou grande parte da cidade de Coronel João Sá, deixando milhares de pessoas desabrigadas e desalojadas.

Situação que ficou Coronel João Sá após a chegada das águas

Antes disto quem sofreu com a enchente após uma tromba d’água foi a população da comunidade de Jardim distante 23,5 km da sede do município de Sítio do Quinto que faz limite com Coronel João Sá. Os moradores foram surpreendidos com forte temporal e em poucas horas dezenas de casas foram inundadas provocando prejuízos as famílias. (Relembre).

Parte onde a água teve o nível mais alto | Foto: Raimundo Mascarenhas

Na ocasião houve grande mobilização para arrecadação de donativos, o deputado estadual Alex da Piatã atendeu ao convite do prefeito Jair dos Santos e conheceu a situação in loco e se comprometeu em levar demanda para que a Defesa Civil do Estado.

Foto: Teones Araújo

Na manhã deste domingo,28, o deputado retornou a comunidade ao lado do prefeito Jair, do diretor-superintendente de Proteção e Defesa Civil do Estado, Paulo Sérgio Meneses Luz, além de vereadores, secretários municipais e demais lideranças, foram até a barragem de Tingui que passou por manutenção com recursos da Defesa Civil, após a visita a barragem se dirigiram até o Jardim onde se reuniram na igreja do Povoado que também foi invadida pela água e pela lama.

Foto: Teones Araújo

Na reunião o superintendente da Defesa Civil foi informado que 34 casas foram afetadas diretamente, destas apenas quatro famílias resolveram retornar, as demais continuam vazias e ainda apresentam umidade. O prefeito Jair disse que a Prefeitura tem se esforçado ao máximo para ajudar os moradores, mesmo tendo um orçamento de 0.8 do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) segundo ele um dos mais baixos daquela região, chega a receber R$ 500 mil a menos em relação aos vizinhos municípios de Antas e Coronel João Sá.

Foto: Teones Araújo

O deputado Alex da Piatã por sua vez demonstrou preocupação e reconhece a necessidade de reformar as residencias e tem lutado para conseguir recursos, e pediu a interferência da Defesa Civil de forma imediata, encaminhando técnicos para realizar um estudo da situação do rio, para que novas tragédias não voltem acontecer.

Foto: Teones Araújo

Paulo Sérgio garantiu que irá encaminhar geólogos da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais – CPMR e engenheiros da Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia – SEINFRA para realizarem estudos da situação do rio e também das casas atingidas pela águas da enchente.

Redação CN