Pedido de prisão domiciliar de Geddel será julgado em 26 de junho



Pedido de prisão domiciliar de Geddel será julgado em 26 de junho

Foto: Tiago Melo/Bahia Notícias

O pedido de prisão domiciliar do ex-ministro Geddel Vieira Lima será julgado virtualmente em 26 de junho pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Relator da ação penal que apura os R$ 51 milhões encontrados em um apartamento em Salvador, indeferiu o pedido de prisão domiciliar da defesa do ex-deputado federal no fim de março. Desde então o relator estava aguardando a manifestação da Justiça da Bahia e do Ministério Público Federal (MPF).

 

Geddel Vieira Lima está preso no Centro de Observação Penal (COP) de Salvador. Entre os argumentos apresentados pelos advogados para que o ex-ministro deixe a prisão está o de que ele integra o grupo de risco de contágio pelo novo coronavírus, por ter 61 anos de idade e ser portador de doenças crônicas.

Bahia Notícias