Manchas de óleo voltam a aparecer nas praias da Barra dos Coqueiros

Manchas de óleo voltam a aparecer nas praias do litoral norte (Foto: Adema)

As manchas de óleo voltaram a aparecer nas praias de Jatobá, da Costa e Pontal da Barra no município da Barra dos Coqueiros. De acordo com informações da Administração Estadual de Meio Ambiente (Adema) há quase um mês o órgão ambiental não detectava a presença da substância oleosa nestas praias.

As manchas de óleo estão mais granuladas (Foto: Adema)

“Na sexta-feira passada, 29 de novembro, detectamos novamente manchas no litoral norte nas praias de Jatobá, Pontal da Barra e praia da Costa. As manchas têm chegado de forma mais granulada, em bolotas de três a oito centímetros, mas surgiram dentro de uma extensão bem considerável, isso nos preocupa”, diz Gilvan Dias, presidente da Adema.

Equipes da empresa terceirizada contratada pela Termoelétrica Celse, já estão fazendo a limpeza do local. De acordo com Gilvan, no litoral sul, nas praias do Abaís e do Saco a chegada de óleo granulado é recorrente. No litoral sul e na capital equipes da empresa terceirizada contratada pela Petrobras é quem tem feito a limpeza. “No domingo, 1º, também foi visto óleo na praia do Viral e na Aruana. Em alguns estados a chegada do óleo já cessou, mas em Sergipe o óleo ainda está presente em nossas praias”, afirma.

O presidente da Adema explica que ainda não foi emitido nenhum sinal de alerta maior para os banhistas, mas que o órgão está avaliando in loco a situação dessas praias. “Estamos analisando e se for necessário vamos recomendar que a população não utilize esses locais para recreação”, diz.

Relembre

As manchas de óleo começaram a aparecer no litoral sergipano no dia 24 de setembro, desde então, equipes da Frente Unificada de Sergipe, criada para enfrentar o problema, atua na limpeza e monitoramento das praias, rios e mangues de Sergipe.

Equipes continuam fazendo a limpeza das praias do litoral norte e sul (Foto: Adema)

Voluntários

A Frente Unificada divulgou nota nesta segunda-feira, 2, informando que uma empresa especializada está sendo contratada pela Secretaria de Estado de Inclusão Assistência Social e Trabalho (Seit), através da Defesa Civil Estadual, para atuar na limpeza do óleo no litoral sergipano.

A Frente orienta os voluntários que atuam em mutirões ou individualmente na limpeza das praias a não descartar o óleo recolhido em lixo comum. O local indicado para o descarte é o Ecoponto da Petrobras. Se houver contato com a substância e aparecendo reações adversas, procurar atendimento médico, usar Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como luvas impermeáveis (preferencialmente PVC), calçados fechados, máscaras e protetor solar, e não reutilização o material coletado.

“Na retirada do material dos locais atingidos, realizar raspagem superficial e a remoção de areia oleada. Após a remoção, o material deve ser guardado em big-bags, bolsas impermeáveis, apropriadas para esse tipo de resíduo e as bolsas deverão ser encaminhadas para locais adequados, citados acima”, diz a nota.

Por Karla Pinheiro