Delação de Cabral pode incluir negócios de filho de Lula com governo do Rio



Foto: Reprodução/TV Globo
Foto: Reprodução/TV Globo

 

A delação do ex-governador do Rio Sérgio Cabral pode ter informações relacionadas à investigação sobre o repasse de verbas da Oi para uma empresa de Jonas Suassuna, sócio de Fábio Luís Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, segundo a Folha.

Existe a suspeita de que uma das formas utilizadas para a transferência foi um contrato formado com o governo fluminense na gestão Cabral.

Preso em novembro de 2016, acusado de cobrar 5% de propina sobre os grandes contratos do estado, o ex-governador já foi condenado a quase 268 anos de prisão em 12 ações penais.

Os 20 anexos que formam a colaboração inicial estão ligadas a pessoas com foro especial. Existe a expectativa, entretanto, de que o material possa chegar a 100 itens, pelas conversas iniciais.

Bahia.ba