Bahia: Prefeito de Coronel João Sá alerta para risco de rompimento de nova barragem

Divulgação/Corpo de Bombeiros de Paulo AfonsoBarragem de Sem Terra, no povoado de Boa Sorte, em Pedro Alexandre está com uma rachadura grande no meio da estrutura

O prefeito de Coronel João Sá, Carlos Sobral, afirmou nesta sexta-feira (12) que a barragem de Sem Terra, no povoado de Boa Sorte, em Pedro Alexandre, no interior da Bahia, está com uma rachadura grande no meio da estrutura e que o Corpo de Bombeiros confirmou que há risco de rompimento.

Segundo Sobral, a água também desembocaria no Rio do Peixe, assim como a da barragem do Quati. Ele alertou, no entanto, que há um agravante: a da Boa Sorte está só está a 17 km da cidade, então as águas chegariam muito mais rápido até Coronel João Sá.

“Por isso, eu peço para as pessoas que retornaram para essas áreas de risco que voltem para onde vocês dormiram ontem à noite. Voltem para as escolas, o ginásio de esportes e para a casa dos parentes que vamos prestar toda a assistência. Não fiquem em suas casa”, pediu o prefeito.

Barragem do Quati

Nesta sexta, o governo da Bahia confirmou que a barragem do Quati, em Pedro Alexandre, se rompeu após as fortes chuvas que caem sobre a região. A represa fica a 435 quilômetros da capital, Salvador.

Técnicos da Defesa Civil do Estado e do Corpo de Bombeiros constataram o rompimento no final da manhã desta sexta (12). Segundo a nota divulgada pela gestão estadual, “houve o transbordamento da barragem, com rachadura nas laterais. No entanto, a pressão da água acabou provocando rompimento parcial do equipamento”.

A situação em Pedro Alexandre se agravou na quinta (11), quando casas foram inundadas e estradas ficaram intransitáveis. Até o momento, não há registro de feridos e vítimas, mas 500 pessoas precisaram deixar suas casas.

Confira:

jovempan.uol.com.br