Após diagnostico preocupante, Diego Costa ficará fora dos gramados até abril de 2020



Uma triste notícia veio à tona na última quarta-feira, 13. Diego Costa, atacante do Atlético de Madrid, está fora dos gramados até, possivelmente, abril de 2020. De acordo com informações publicadas pelo Jornal As e depois confirmadas pela equipe madrilena, o brasileiro, naturalizado espanhol, sofre com uma hérnia de disco.

Após muita reclamação de dores no local, Diego foi submetido a uma sequência de exames que localizaram a lesão em sua região lombar, o que foi suficiente para que o Atlético divulgasse uma nota oficial dizendo que o craque estaria afastado das atividades físicas e faria ainda mais exames para avaliar uma possível intervenção cirúrgica.

“Diego Costa sofre uma hérnia de disco cervical. O atacante foi submetido a exames radiológicos para avaliar as dores cervicais sofridas nos últimos dias. O alvirrubro sofre uma hérnia de disco cervical e será avaliado por especialistas em neurocirurgia nos próximos dias para estabelecer o tratamento definitivo”, dizia o comunicado.

Em situações parecidas, estima-se que, para retomar os hábitos comuns, o atleta levaria cerca de quatro meses, no mínimo. Com isso, o atacante pode receber uma notícia ainda mais amarga, que seria a não convocação para lista de convocação da Seleção Espanhola para a Eurocopa 2020.

Na última partida do Campeonato Espanhol, quando o Atlético de Madrid enfrentou o Espanyol e venceu por 3×1, o atleta esteve em campo e foi elogiado por sua atuação, mesmo tendo em vistas as dificuldades que encontrou devido as dores que reclamou sentir nas costas.

Sportbuzz