Presidente do Atlético-GO diz que Thiago será devolvido ao Fla por conta de cláusula

FOTO: GILVAN DE SOUZA

Thiago foi emprestado ao Atlético-GO, nem chegou a jogar e já irá retornar ao Flamengo. O jovem goleiro fez a pré-temporada com a equipe goiana, mas não será aproveitado por conta de uma cláusula no contrato que exigia que o jogador estivesse em campo em 60% das partidas na temporada. Quem afirmou isso foi o presidente do Dragão Adson Batista em entrevista à Rádio Bandeirantes.

— O Thiago não vai ficar no Atlético. Nós não chegamos em acordo com o Flamengo em relação a uma cláusula e a gente preferiu devolver o jogador. Agradeço muito ao Thiago, que é um profissional correto, tem as portas sempre abertas no Atlético, trabalhou no dia a dia da melhor maneira possível. A gente respeita muito o Flamengo, mas nesse momento a gente tem que preservar nossos objetivos, o grupo, não podemos tratar ninguém com diferença -, disse o presidente, explicando a filosofia de trabalho do Atlético em seguida.

— A gente não pode colocar em um contrato que um jogador vai ser titular, isso é impossível. Tem que tratar todos os jogadores da mesma maneira, mesmo cuidado. Tem que ter meritocracia, e isso que a gente vai trabalhar. É a nossa linha de trabalho -, concluiu.

O Flamengo ainda não foi comunicado formalmente da decisão. Aos 22 anos, Thiago ganhou destaque quando foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2016. Pelos profissionais, chegou a atuar em 19 partidas no segundo semestre de 2017. O jovem ficou marcado por falhar na primeira partida da final da Copa do Brasil, diante do Cruzeiro, que terminaria como campeão.

Coluna do Flamengo