Juan declara que em jogo sem torcida, time do Fla precisa de mais concentração

O Flamengo estreou contra o River Plate na última quarta-feira (28), num Engenhão vazio e com um resultado que fugiu das expectativas da torcida, da imprensa e dos próprios jogadores. O zagueiro Juan falou sobre  o jogo e o que espera para o próximo desafio, fora de casa, contra o Emelec.

– O sentimento é que faltou a vitória, principalmente pelas circunstâncias do jogo. Temos que pensar no Emelec, e buscar o resultado fora de casa. A gente tinha o jogo controlado, o segundo gol foi uma felicidade deles e pelo que sei o primeiro gol deles parece que foi impedido. Infelizmente foi contra a gente e resultou no empate -, declarou Juan.

A pressão aumenta quando existe a necessidade do resultado e é assim que o Flamengo parte para o próximo desafio. De acordo com Juan os jogadores sabiam da dificuldade que seria jogar num estádio sem torcida, contra um time, que apesar de desfalcado, tem enorme tradição na Libertadores.

– A gente sabia que seria uma partida difícil, contra um adversário difícil, um grande time e as circunstâncias do jogo, sem torcida, tornaria o jogo mais difícil porque a concentração tem que ser maior -, concluiu o veterano.

O próximo compromisso do Mais Querido na Libertadores é contra o Emelec, fora de casa, no dia 14, às 21h45. Antes disso, o Flamengo joga o clássico contra o Botafogo, neste sábado (03), no Engenhão, às 17h (horário de Brasília), em partida válida pela Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

Fonte: Coluna do Flamengo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*