Itair afirma que jogadores do Ipatinga não queriam jogar no Fla: “Nunca se pagava”

FOTO: VINNICIUS SILVA/CRUZEIRO

A novela envolvendo a contratação de Arrascaeta ainda repercute nesta janela de transferências. O Cruzeiro, através do vice-presidente de futebol Itair Machado, demonstra ter rusgas com o Flamengo após o desfecho do negócio. Agora, o dirigente celeste relembrou do ano de 2006 para criticar o clube rubro-negro. Em entrevista reproduzida pelo site Fox Sports, o cruzeirense afirmou que jogadores do Ipatinga não queriam jogar no Fla na época.

— Por incrível que pareça, fizemos um favor ao Flamengo. Marca gigantesca. Os jogadores não queriam ir para o Flamengo, sem estrutura, salário atrasado. Nunca se pagava imagem. E atrasava a carteira. Os jogadores não queriam jogar no Flamengo -, afirmou Itair, que se defendeu no caso Mancuello.

— O Flamengo comprou um jogador do Ipatinga, Wellington Bruno. O Flamengo comprou e não pagou. A gente discutindo a dívida do Mancuello, estava discutindo os juros. O Flamengo, quando o Bandeira assumiu, levou anos para pagar o Ipatinga. O Flamengo não pode discutir quem deve, é o clube que mais deveu e não pagava mesmo. Demorou quatro ou cinco anos (para pagar a dívida com o Ipatinga). Fico feliz com a recuperação do Flamengo -, concluiu.

Após o Ipatinga ser semifinalista da Copa do Brasil, o Flamengo buscou vários jogadores na equipe mineira. Os principais eram Léo Medeiros, Walter Minhoca e Diego Silva. Itair, à época, era dirigente do time. Em um momento diferente no mercado, foi a vez do Rubro-Negro cobrar o atual vice-presidente do Cruzeiro neste ano. Em pauta, o pagamento da compra de Mancuello, quitado apenas com a negociação de Arrascaeta.

Coluna do Flamengo