Diego se emociona após retorno na semi da Libertadores: “Muito mais do que eu pensava e pedi”




FOTO: ISABELLE COSTA / COLUNA DO FLA

O Flamengo venceu o Grêmio de forma acachapante na noite desta quarta-feira (23). Aplicou sonoros 5 a 0, fora o baile, e se classificou para a grande final da Copa Conmebol Libertadores. Com isso, Jorge Jesus pôde dar minutos a Diego Ribas, que fraturou o tornozelo ainda nas oitavas de final desta competição. O meia retornou aos gramados pouco mais de três meses depois da lesão e falou sobre o assunto a zona mista do Maracanã.
— Foi um retorno precoce, graças a Deus, mas de muito trabalho durante esses meses. Foi um trabalho intensivo para que pudéssemos fazer o retorno na semifinal da Libertadores, que sempre foi meu objetivo. Desde a primeira falei pro doutor que queria voltar nesse jogo. De lá pra cá foi um trabalho muito grande. Realizar esse sonho foi maravilhoso. Cenário perfeito, uma semifinal ganhando de 5 a 0, estádio cheio… Foi tudo, realmente, maravilhoso -, disse o jogador, que ainda prosseguiu:
— Muito mais do que eu pensava e pedi. Foi tudo legal. Todos esses minutos que estive em campo… Passou um filme pela cabeça. Eu quero muito mais. Nós temos que querer muito mais, temos condições pra isso. Vamos manter os pés no chão e seguir trabalhando -, falou o meia.
Diego Ribas ainda precisa pegar mais ritmo de jogo, afinal, foram os primeiros minutos em campo após a séria lesão que sofreu. Por isso, ele prefere não cravar quando poderá atuar como titular. Porém, o camisa 10 celebra o fato de Jorge Jesus te tido quase todos os jogadores à disposição para a partida com o Grêmio.
— Vamos aos poucos, estou retornando agora. A equipe vem crescendo como já era previsto. Se eu tivesse durante todo esse tempo a equipe teria, naturalmente, esse crescimento. O trabalho vem sendo bem feito, principalmente com Jorge Jesus. Nós sabíamos que isso ia acontecer. Tendo todos os jogadores à disposição, é cada um buscar sua melhor forma para ajudar a equipe de alguma maneira -, ponderou o meia, antes de elogiar o departamento médico do clube:
— O DM aqui é sensacional, comandado pelo Dr. Tannure… Os fisioterapeutas, fisiologistas, nutricionistas, os preparadores físicos… Fizeram um trabalho maravilhoso. Meu preparar físico, em particular, que é um profissional fenomenal… Muita dedicação da minha parte, disciplina e sonhos que fizeram eu me dedicar cada vez mais. Alcançar esse objetivo de retornar na semifinal da Libertadores, que sempre foi o meu sonho desde quando me machuquei, é motivo de muito orgulho -, afirmou, antes de concluir:
— Muita alegria, sonhei com esse dia, esse retorno… Foi uma das minhas grandes motivações durante esse período de tratamento. Isso acontecer, pra mim, é a concretização de um senho que tive nesse período -, encerrou o camisa 10 da Gávea.
Agora, o Flamengo volta o foco para o Campeonato Brasileiro. A equipe comandada por Jorge Jesus encara o CSA, no próximo domingo (27), às 19h (horário de Brasília). O duelo acontece no Maracanã e é válido pela 28ª rodada da competição. O Fla é líder, com 64 pontos, enquanto o time alagoano ocupa a 18ª colocação, com 26.

Coluna do Flamengo