Barbieri revela conversa com Trauco e fala sobre futuro do lateral



Antes mesmo da disputa da Copa do Mundo, a permanência do lateral esquerdo Miguel Trauco no Flamengo era uma incógnita. Após o empresário do jogador, José Chacón, admitir a busca por clubes na Europa e o próprio defensor declarar que queria deixar a Gávea, a saída do peruano parecia certa. Entretanto, após fala de Barbieri em entrevista coletiva, o panorama já não parece o mesmo.

Segundo o treinador, a ansiedade do lateral para disputar a Copa do Mundo pode ter atrapalhado seu desempenho no Mais Querido. Além disso, Trauco também estaria passando por problemas pessoais. Sendo assim, na visão de Barbieri, o jogador teria probabilidade de subir de rendimento no segundo semestre, uma vez que a competição mundial já é passado para o camisa 13.

— Nós conversamos e ele me passou alguns problemas que vinha enfrentando. Antes mesmo da Copa do Mundo sempre coloquei para ele a importância que tinha para o grupo. Continuo contando com ele. Creio que ele estava vivendo uma grande ansiedade pela possibilidade de disputar a Copa do Mundo pela primeira vez. Agora, que o torneio acabou, acredito que vai manter o foco no Flamengo —, disse o técnico.

Apesar da declaração de Barbieri, o Flamengo segue aberto para negociar Miguel Trauco. Até então, o lateral foi especulado por três clubes da França, sendo eles: Bordeaux, Olympique de Marselha e Lille. Nenhuma transação apresentou grande evolução até o momento, mas as conversas seguem em andamento nos bastidores.

Aos 25 anos de idade, Trauco perdeu posição para o lateral Renê na temporada de 2018, participando de apenas cinco partidas na primeira metade do ano. Com contrato até o fim de 2019, o futuro do jogador é uma incógnita na Gávea, uma vez que sua venda pode significar bom lucro para os cofres rubro-negros. Em contrapartida, há a dificuldade de se encontrar boas peças da posição no mercado, que pode deixar o Fla receoso em perdê-lo.

Fonte: Coluna do Flamengo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*